@PatuemFoco

domingo, 30 de abril de 2017

PF realiza nova fase da Lava Jato e mira advogado ligado a Renan Calheiros

Polícia Federal saiu às ruas na manhã desta sexta-feira (28) para cumprir mandados da Operação Satélites, relacionada à Lava Jato. O principal alvo é o advogado Bruno Mendes, ligado ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Os agentes fizeram busca e apreensão no escritório de Mendes.
Ao todo, a operação tem 10 mandados, todos de busca e apreensão. A fase desta sexta foi autorizada pelo ministro Édson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), dentro de um dos 13 inquéritos abertos para investigar Renan Calheiros.
A primeira fase da Satélites foi deflagrada em março. A operação tem esse nome porque os alvos são pessoas próximas aos políticos investigados na Lava Jato no âmbito do STF. Na ocasião, os mandados tiveram como alvos pessoas ligadas a Renan, ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), ao senador Humberto Costa (PT-PE) e ao senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Eles negaram envolvimento em qualquer tipo de irregularidade.
Conversa sobre a Lava Jato
Bruno Mendes era um dos advogados de Renan presentes em um conversa que foi gravada pelo ex-presidente da Transpetro e um dos delatores da Lava Jato Sérgio Machado.
As gravações, apresentadas por Machado em 2016, contêm conversas de uma reunião na casa do então presidente do Senado, Renan Calheiros, com a participação do ex-ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, quando ele ainda era conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Após a divulgação da conversa, SIlveira deixou o ministério de Temer.
Segundo Sérgio Machado, na conversa houve troca de reclamações sobre a Justiça e a operação Lava Jato. Na gravação, Fabiano Silveira faz críticas à condução da Lava Jato pela Procuradoria e dá conselhos a investigados na operação.


Fonte - G1

Rogério Marinho critica manifestações e diz que é “para manter privilégios das corporações”

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB), relator do projeto de alteração das leis trabalhistas, criticou as manifestações realizadas nesta sexta-feira (28), que foi colocada como Greve Geral. O deputado observou apenas os atos de violência e as ações que impediram a população de se locomover.
“Alguns fascistas travestidos de manifestantes atacam população. Não entendem que direito à greve é daqueles que dela querem participar, não é licença para impor e intimidar outros como milícias bolivarianas”, disse o parlamentar por meio de suas redes sociais.
Deixando de lado os bons protestos que lutaram pelos direito dos trabalhadores, Rogério Marinho procurou fazer comparativos entre Brasil e Venezuela, afirmando que os brasileiros não podem permitir que “a realidade da Venezuela se transporte para o Brasil”. O tucano disse que o “medo de perdas de privilégios de corporações é a alma do protesto. PT e esquerda brasileira são face atrasada da política com pauta corporativista do século XIX, defendem privilégios e corporações contra o povo”.
Para o deputado, o que motivou o protesto não foi termos que detalham férias ou acordos trabalhistas, mas justamente o fim do imposto sindical obrigatório, alvo de críticas dos sindicalistas durante os debates do projeto na Câmara. A contribuição anual, que atualmente corresponde a um dia de trabalho, foi colocada como facultativa, ou seja, o trabalhador terá o direito de escolher se paga ou não a contribuição ao seu sindicato.
Via Blog do Wallace

Bandidos atacam agência bancária, caixa eletrônico e agência dos Correios no Sertão da PB


Em menos de uma hora duas agências bancárias, uma agência dos correios e uma farmácia foram arrombadas e explodidas em duas cidades do Sertão da Paraíba. Os casos ocorreram em Brejo do Cruz e Vista Serrana, que ficam a cerca de 70 quilômetros de distância, uma da outra. Entre as ações, a Polícia Militar localizou um veículo queimado na zona rural que pode ter sido usado por suspeitos. Ninguém foi preso.

O primeiro caso foi registrado na cidade de Brejo do Cruz, por volta de 1h40, quando um grupo formado por seis homens chegou a cidade, arrombou a agência bancaria e explodiu um caixa eletrônico. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos conseguiram fugir levando o dinheiro do banco. Na fuga, eles espalharam grampos.

“Eles fugiram em uma caminhonete L-200 e deixaram grampos espalhados. No fim da madrugada, vários comerciantes que estavam se deslocando para a feira no mercado público da cidade tiveram os pneus dos carros furados. Foram feitas buscas, mas até o fim da madrugada ninguém foi preso”, disse o sargento Coelho.

Já na cidade de Vista Serrana, ocorreram três ataques seguidos. Um grupo também formado por seis homens chegou a cidade e explodiu um caixa eletrônico de um banco, a agência dos Correios e ainda arrombaram uma farmácia, no centro da cidade.

Segundo a Polícia Militar a ação ocorreu por volta de 2h20, mas até 9h não havia sido confirmado se os suspeitos conseguiram levar dinheiro do caixa eletrônico ou da agência dos Correios. O grupo fugiu por uma estrada vicinal, onde foi localizado um carro queimado. Os policiais suspeitam que o carro tenham sido usado na ação.

No momento dos ataques, havia apenas dois policiais no destacamento da Polícia Militar de Vista Serrana. Um deles disse que ouviu três explosões. “Um morador ligou para ao destacamento informando quando os homens já estavam montando os explosivos. Ainda tentamos perseguir o grupo, mas os pneus de duas viaturas furaram. Tivemos o apoio de policiais de outras cidades, mas ninguém foi preso”, disse o soldado Michael Marçal.

*G1 PB Via Nosso Paraná RN

NOVO POLO TURÍSTICO CONTEMPLARÁ TRÊS MUNICÍPIOS POTIGUARES

Uma iniciativa inédita de desenvolvimento de projeto turístico no Rio Grande do Norte a partir do envolvimento da comunidade e da sustentabilidade da região será iniciado na primeira quinzena de maio. O projeto foi apresentado ontem (26) aos prefeitos e secretários de turismo dos três municípios contemplados: Serra de São Bento, Monte das Gameleiras e Passa e Fica. A ação tem sido planejada desde março de 2016, quando foi criado um grupo técnico composto por instituições e universidades para discutir o segmento de aventura a ser desenvolvido como novo destino turístico para o interior do Rio Grande do Norte. Foi considerado o trabalho realizado pelo Sebrae/RN para o fomento da região, que envolveu pequenos empresários locais. A proposta, agora, é realizar novas atividades atreladas às exigências do Governo Cidadão, com foco na integração do turismo de base comunitária e no desenvolvimento sustentável. “É um projeto alinhado ao nosso propósito de interiorização do turismo. Temos apostado no turismo religioso, sobretudo na promoção da estátua de Santa Rita de Cássia, e agora também no turismo de aventura”. O secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, ressalta ainda que destinos dos cinco pólos turísticos do Estado têm sido constantemente divulgados em feiras nacionais e internacionais do setor. Uma empresa especializada no tema já foi definida via processo licitatório. O contrato será publicado no Diário Oficial e as atividades nos municípios terão início na primeira quinzena de maio. Será uma ação com duração prevista de um ano e meio. Serão identificados os potenciais turísticos e as carências da região, apoio à criação de redes empresariais, valorização de produtos locais, comunicação integrada, etc. “Já fizemos visitas técnicas nos três municípios. E embora tenhamos diversidade turística, com atrações culturais, artesanais e de charme, o principal destino é o turismo de aventura na Pedra da Boca, que está localizada no município paraibano de Araruna, na divisa com Passa e Fica. Por isso já estamos em contato com o Governo da Paraíba para trabalharmos juntos nessa área”, adiantou a presidente da Emprotur, Aninha Costa. O investimento total no projeto gira em torno de R$ 900 mil, com recursos do Governo Cidadão. A única contrapartida pedida pela Setur RN aos prefeitos dos três municípios foi de logística para receber as equipes de trabalho e a ajuda no envolvimento da cadeia produtiva da cidade.

Fonte: ASSECOM/RN Via RN POLITICA EM DIA

NA USP, CIRO GOMES É ACUSADO DE HOMOFOBIA AO FALAR DE DORIA

Segundo estudante, presidenciável xingou o prefeito de São Paulo ao falar sobre possível disputa nas eleições de 2018.

Pré-candidato à Presidência da República em 2018, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) foi acusado pelos alunos da Faculdade de Direito da USP (FDUSP) por usar termos homofóbicos em sua crítica ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB). Ciro esteve na Faculdade, localizada no Largo de São Francisco, no centro da capital, na última quinta-feira, para o lançamento do projeto “Brasil Nação”, cartilha de especialistas de esquerda para ser uma alternativa ao programa de reformas do presidente Michel Temer (PMDB).

Segundo os alunos da USP, Ciro Gomes teria xingado Doria ao ser questionado por um aluno, que dizia que ele seria derrotado pelo tucano nas eleições presidenciais de 2018. De acordo com o relato do estudante, que serviu de base para uma nota coletiva de repúdio, o presidenciável do PDT afirmou que não teme a disputa contra o prefeito: “Eu pego um viado cheio de areia no c…, que nem o João Doria, e encho de porrada“.

A nota dos estudantes critica a fala de Ciro e classifica os termos usados como homofobia. “Um candidato à Presidência e quem se propõe a construir um novo projeto de Brasil, independentemente do seu tom político, não pode ter valores que mais dizem respeito ao Brasil arcaico e colonial do que ao projeto de país como direitos humanos para todos que vem sendo construído pelos brasileiros”, afirma o texto.

VEJA não encontrou a assessoria do ex-ministro Ciro Gomes até a publicação desta nota. Em texto encaminhado à coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, ele negou ter dito a frase, que atribuiu à “invencionice das redes sociais”.

Fonte: Veja.com Via RN POLITICA EM DIA
Foto: Reprodução Facebook

MÉXICO: BANCO CONSIDERA MULHER "VELHA DEMAIS" PARA TER CARTÃO

No México, uma mulher foi considerada "velha demais" para obter um cartão junto a instituição bancária Citibanamex. Aos 116 anos, Maria Félix precisava do cartão para receber o beneficio mensal da sua aposentadoria. O banco considerou que ela havia ultrapassado o limite de idade dos serviços do banco. "Eles me disseram que o limite de idade era 110 anos”, contou a mexicana ao The Guardian.

A idosa ficou sem receber o apoio financeiro do governo por três meses, devido ao fato de ter sido rejeitada por conta da idade. O secretário de desenvolvimento do estado de Jalisco, Miguel Castro, afirmou ao jornal que os beneficiários de assistência social precisam de contas individuais por causa de novas regras de transparência.


Castro considerou a situação de Maria completamente absurda e foi pessoalmente entregar um cheque e um pedido de desculpas. "Mais cedo ou mais tarde, Deus providencia", disse Félix. O secretário afirmou que seu escritório continuaria dando os cheques a idosa até que o problema fosse resolvido.

Em comunicado, o Citibanamex informou que a idade de Maria excedeu os "limites de calibração" de seu sistema e que o banco estava trabalhando para obter o cartão para a idosa o mais rápido possível.

Maria Félix completa 117 anos em julho, de acordo com sua certidão de nascimento. A idade faz dela uma das pessoas mais velhas do mundo.

Fonte: TN Online UOL 
Via RN POLITICA EM DIA
Foto: Reuters

30 de abril - Dia do Profissional de Eventos

Resultado de imagem para 30 de abril

sábado, 29 de abril de 2017

Finais dos campeonatos estaduais de 2017


As finais estaduais (entre parênteses, o nº de títulos):

AL – CSA (37) x (29) CRB

BA – Vitória (28) x (46) Bahia

CE – Ceará (43) x (9) Ferroviário

DF – Brasiliense (8) x (2) Ceilândia

ES – Atlético-ES (0) x (0) Doze

MG – Atlético-MG (43) x (37) Cruzeiro

MT – Sinop (3) x (6) Cuiabá

MS – Novo (0) x (1) Corumbaense

PA – Remo (44) x (46) Paysandu

PB – Botafogo (27) x (15) Treze

PE – Salgueiro (0) x (40) Sport

PR – Coritiba (37) x (23) Atlético-PR

RJ – Flamengo (33) x (31) Fluminense

RN – ABC (53) x (0) Globo

RS – Novo Hamburgo (0) x (45) Internacional

SC – Chapecoense (5) x (16) Avaí

SE – Itabaiana (10) x (20) Confiança

SP – Corinthians (27) x (0) Ponte Preta

MAIS DE 28 MILHÕES DE BRASILEIROS DECLARARAM O IMPOSTO DE RENDA

Via Caraúbas News

De acordo com a Receita Federal, 28.524.560 Declarações de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2017 foram entregues dentro do prazo que se encerrou as 23h59m59s desta sexta-feira (28) Para aqueles que não entregaram a IRPF no praz, a Receita irá iniciar...

"Precisamos dar segurança para trabalhadores e empregadores", diz Fábio Faria sobre reforma

Via O Potiguar

O deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) tem se posicionado a favor de mudanças que propiciem a volta do crescimento e desenvolvimento do país, como a modernização das leis trabalhistas. "Com esse projeto, vamos dar segurança para os trabalhadores e empregadores. Vamos adequar as leis à realidade que vivemos, e como consequência gerar mais emprego, renda, dando novas oportunidades para os 13,5 milhões de desempregados. Assim a economia voltará a crescer, e os investidores retomarão a confiança no país", ressalta o parlamentar.

Um dos pontos principais do texto é o fim da contribuição sindical obrigatória. Segundo o Ministério do Trabalho, o Brasil tem aproximadamente 17 mil sindicatos, sem contar as confederações, federações e centrais sindicais. Fábio Faria também defende a formalização de milhares de trabalhadores, regulamentando novas formas de trabalho. "Nos dias de hoje, temos um mercado muito mais dinâmico, com novas alternativas de trabalho e de cumprir a jornada, inclusive com aumento da produtividade. Uma legislação elaborada na década de 40 precisava ser modernizada de acordo com o novo cenário".
Daniel Menezes Daniel MenezesSaiba Mais 

Gilmar Mendes manda soltar o empresário Eike Batista

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus neste sexta-feira (28) para libertar o empresário Eike Batista, preso em janeiro pela Polícia Federal na Operação Eficiência.
Eike teve a prisão preventiva decretada após dois doleiros dizerem que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. O pagamento teria sido feito em troca de contratos com o governo estadual. Ele já foi denunciado nas investigações por corrupção e lavagem de dinheiro.
De acordo com a decisão de Gilmar Mendes, caso haja algum outro mandado de prisão expedido, Eike deverá permanecer preso. O advogado Fernando Martins, que defende o empresário, disse que não há outros decretos de prisão contra Eike e que, com a decisão de Gilmar Mendes, ele deverá ser solto.
Na decisão, Gilmar Mendes determinou que o juiz responsável pelo caso, Marcelo Bretas, analise a necessidade de medidas cautelares alternativas à prisão.
Tratam-se de restrições, que podem incluir uso de tornozeleira eletrônica, comparecimento periódico à Justiça, proibição de encontrar outros investigados e de deixar o país, por exemplo.
“[…] Defiro o pedido de medida liminar para suspender os efeitos da ordem de prisão preventiva decretada em desfavor do paciente Eike Fuhrken Batista […] se por algum outro motivo não estiver preso, determinando, ainda, que o Juízo analise a necessidade de aplicação das medidas cautelares previstas”, diz o ministro na decisão.
A decisão do ministro já foi encaminhada ao juíz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Dessa forma, Eike Batista pode ser solto já nesta sexta, a depender da velocidade dos trâmites burocráticos, como a notificação do juíz e a comunicação ao presídio onde o empresário permanece detido.
Decisão
A defesa do empresário entrou com pedido de liberdade no Supremo por entender que não havia justificativa legal para que a prisão preventiva fosse mantida.
No pedido de liberdade, a defesa de Eike diz que a prisão foi decretada com base em outra investigação, ligada à Operação Lava Jato, numa apuração sobre sua relação com a esposa do marqueteiro João Santana, Mônica Moura.
Além disso, disse que ele não poderia ser preso pelos mesmos fatos de que é acusado nem somente por depoimentos de delatores e que as suspeitas remetem ao ano de 2011.
“Todas as decisões que envolvem o ora paciente eximem-se de indicar fato concreto e atribuível no sentido de que ele representaria um risco à instrução criminal – não se fala de testemunhas ameaçadas ou da possibilidade de destruição de provas – tampouco que ele, empresário nacionalmente reconhecido, represente risco à ordem pública ou econômica ao ser posto em liberdade’, diz o pedido de liberdade.
Na decisão, Gilmar Mendes afirma que os supostos crimes investigados, de corrupção e lavagem de dinheiro, são “graves”. Apesar disso, segundo o ministro, teriam sido cometidos entre 2010 e 2011 e são “consideravelmente distantes no tempo da decretação da prisão”.
“O paciente não é formalmente acusado de manter um relacionamento constante com a suposta organização criminosa liderada por Sérgio Cabral. Pelo contrário, a denúncia não imputou ao paciente o crime de pertencer a organização criminosa”, sustenta o ministro.
Dessa forma, segundo Gilmar Mendes, entre os supostos crimes e a decretação da prisão há um “lapso temporal considerável”. Ele afirma ainda que não há notícias de que Eike “tenha adotado ulterior conduta para encobrir provas”.
“O fato de o paciente ter sido denunciado por crimes graves – corrupção e lavagem de dinheiro –, por si só, não pode servir de fundamento único e exclusivo para manutenção de sua prisão preventiva”, diz o ministro na decisão.
Para Gilmar Mendes, o “perigo que a liberdade do paciente representa à ordem pública ou à instrução criminal” podem ser substituídos por medidas cautelares “menos gravosas” do que a prisão preventiva.
Informações do G1
Foto: Reprodução
Via REDE NEWS 360

Felipe Melo é suspenso preventivamente por 3 jogos

O volante Felipe Melo, do Palmeiras, foi suspenso nesta sexta-feira pelos três próximos jogos do time pela Copa Libertadores. A punição aplicada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) é de caráter provisório e se estende também a outros três uruguaios do Peñarol, que assim como o brasileiro, se envolveram na briga ao fim do jogo da última quarta-feira, no estádio Campeón del Siglo.
Os uruguaios suspensos são Mier, que levou um soco de Felipe Melo, mais o capitão Nández e o lateral Hernández. A Conmebol abriu nesta sexta-feira um processo disciplinar pelos incidentes ocorridos em Montevidéu, na última quarta, e aplicou aos quatro atletas a pena mínima prevista no estatuto disciplinar da entidade.
Em comunicado, a Conmebol explicou que adotou excepcionalmente a punição provisória por existir provas inquestionáveis das infrações. Assim como os jogadores, os dois clubes também serão investigados e devem ter as punições anunciadas em breve. O Palmeiras enviou advogados ao Paraguai, sede da Conmebol, para tentar amenizar possíveis penalizações.
Com a suspensão de três jogos, Felipe Melo voltaria ao time apenas na rodada de volta das oitavas de final. O clube paulista precisa somar somente mais um ponto para se garantir no mata-mata e tem mais duas partidas para realizar pela fase de grupos. Portanto, caso a punição seja mantida e o time garante a classificação, o jogador voltaria apenas para o segundo confronto desta fase eliminatória.

esporte.band

Fábio Faria se casa hoje com Patrícia Abravanel


* Com informações - Via RN POLITICA EM DIA.


Em cerimônia na casa do sogro, Silvio Santos, em São Paulo.

Festão, muitos convidados. Mas da Câmara convidou apenas oito colegas deputados (de um total de 531). Do Senado, apenas Aécio Neves (de um total de 81 senadores).

Fonte: Lauro Jardim - O Globo/Carlos Santos
Foto: Manuela Scarpa

Patu choveu ontem 70 milímetros!

JUSTIÇA SUSPENDE NOMEAÇÕES DE PARENTES DE PREFEITO E VEREADORES DE APODI

O juiz Eduardo Neri Negreiros, da comarca de Apodi/RN, concedeu medida liminar para suspender a nomeação de parentes de gestores públicos do Poder Executivo Municipal de Apodi. Entre os beneficiados está Maria Goreti da Silveira Pinto, mãe do prefeito Alan Jefferson da Silveira Pinto, para o cargo de Secretária Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social.
O magistrado também suspendeu a eficácia do ato que nomeou Wellington Carlos Gama, sobrinho do vereador Francisco Antônio Gama, para o cargo de Secretário Municipal de Urbanismo e Transporte; bem como o ato que nomeou Dagmar Suassuna da Silva, mãe do vereador Antônio Ângelo de Souza Suassuna, para o cargo de Secretária Municipal da Mulher e da Igualdade Racial.
O cumprimento da decisão deverá ser comprovado nos autos no prazo de cinco dias a contar da intimação e para o caso de descumprimento da medida, foi fixada multa pecuniária pessoal ao prefeito Alan Silveira no importe de R$ 5 mil, sem prejuízo das demais sanções cabíveis (penais, civis e administrativas).
O caso
A manifestação da Justiça se deu atendendo Ação Popular proposta por quatro cidadãos apodienses contra o Município de Apodi e Alan Jefferson da Silveira Pinto, na qual buscam a imediata suspensão da eficácia de três Portarias por alegada violação à Súmula Vinculante nº 13 do STF e às disposições da Lei Municipal nº 1.072/2016.
Na ação, os autores alegaram que Alan Jefferson, na condição de prefeito do Município de Apodi, no dia 3 de janeiro de 2017, publicou três portarias nas quais nomeia parentes seus e de vereadores para ocupar cargos de secretários municipais.
Segundo os autores, tais atos são ilegais, vez que as pessoas nomeadas têm grau de parentesco com autoridades municipais, o que configuraria nepotismo, prática vedada pela Sumula Vinculante nº 13 do STF e pela Lei Municipal nº 1.072/2016.
Decisão
Ao analisar o caso, o juiz Eduardo Neri Negreiros considerou que ficou evidenciado o direito invocado na medida em que as pessoas nomeadas por meio das três Portarias possuem vínculo de parentesco até terceiro grau com o próprio prefeito e com dois vereadores do município, conforme devidamente comprovado por meio dos documentos juntados aos autos. Ele esclareceu que as portarias de nomeação e os documentos pessoais juntados aos autos atestam as nomeações.
Além do mais, o julgador ressaltou que a ação não está fundada unicamente na Súmula Vinculante nº 13 do STF – que excetua o nepotismo no caso de nomeação de agentes políticos –, mas também na vedação imposta pela Lei Municipal nº 1.072/2016, que, ao regular a questão do nepotismo no âmbito local, estabeleceu, dentre outras providências, que a nomeação de pessoas com vínculo de parentesco com autoridades municipais, como é o caso de prefeito e vereador, estaria expressamente proibida no âmbito dos Poderes Legislativo e Executivo da esfera municipal.
“Não resta dúvida, pois, que a legislação municipal veda de forma geral a nomeação, ainda que em caráter temporário, de parentes até terceiro grau das autoridades municipais dos poderes executivo e legislativo, ficando excetuada, obviamente, aquela em caráter efetivo, mediante aprovação em concurso público”, comentou o juiz Eduardo Neri.
O magistrado explicou que a vedação ao nepotismo tem por objetivo cumprir os princípios constitucionais da isonomia, impessoalidade e moralidade na Administração Pública, razão pela qual nem sequer se exige a edição de lei formal nesse sentido, o que não afasta, no seu sentir, a competência legislativa suplementar dos municípios.
“Dessa maneira, as nomeações para cargos políticos de Secretários Municipais em discussão nestes autos (mãe do prefeito, mãe de um vereador e sobrinho de outro vereador) configuram nepotismo, sendo prática vedada no âmbito dos poderes executivo e legislativo do município de Apodi, nos termos do art. 1º, §§ 1º e 2º, da Lei Municipal nº 1.072/2016”, finalizou o julgador.
*O Mossoroense
Barriguda News

Cerca de 50 mil participam de Greve Geral no RN

O protesto intitulado Greve Geral cerca de 50 mil pessoas na tarde desta sexta-feira, 28, em Natal. O número foi divulgado pelos manifestantes, mas a Polícia Militar não confirmou.

Entre os manifestantes estavam servidores públicos, estudantes, sindicalistas e grupos da sociedade civil. Funcionários dos Correios foram ao protesto fardados. “É a perca de nossos direitos. Hoje Temer quer terceirizar nossa empresa. Isso tira postos de colegas nossos. Tira nossos empregos”, diz Esiedla Andrade, funcionária dos Correios, sobre a terceirização.
WhatsApp-Image-2017-04-28-at-16.07.38-1
Manifestantes.


Via Blog do João Marcolino

MESMO COM BOA ATUAÇÃO DE NETO CARAÚBAS, SELEÇÃO DA ARGENTINA SUPERA BRASIL EM PRIMEIRO AMISTOSO



Por: Caraúbas News 23:31 Brasil, Esporte, Internacional, Notícia Comentários

Na noite desta terça-feira (25), Seleção Brasileira de Futsal Clássico do fixo Neto Caraúbas enfrentou a forte Seleção Argentina em Posadas/ARG pelo primeiro jogo amistoso de quatro que as duas equipes irão ter até o próximo sábado (29).

Na partida, o caraubense Neto Caraúbas foi a quadra com a faixa de capitão e foi crucial para o gol de empate da seleção canarinha no primeiro tempo da partida, que após está perdendo por dois gols no placar chegou ao empate.

O segundo tempo começou bastante disputado, com boas chances para os dois lados, mas com as duas seleções bastante atentas. Porém, o gol da vitória veio faltando 50 segundos para o final da partida, quando a Argentina marcou seu 3 gol, e segurou o resultado em 3 x 2 a seu favor.

O segundo amistoso acontecerá nesta quarta-feira (26), na cidade de Monte Carlo.


Via BLOG DO IRMÃO ZIZI

Motorista morre ao cair de 3º andar do estacionamento de shopping em João Pessoa-PB

Acidente com veículo em edifício estacionamento de shopping em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um motorista de um caminhão de carga leve morreu depois de cair do 3º andar do edifício garagem do Manaíra Shopping, em João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (28). Segundo a assessoria do shopping informou, "o veículo ficou pendurado pela carroceria e o condutor assustado, pulou e caiu".

O homem chegou a ser atendido pela equipe médica do shopping e, logo em seguida, pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU). A equipe do SAMU prestou atendimento, fez massagem cardíaca, mas o motorista não sobreviveu. De acordo com a equipe que foi ao local, o homem morreu ainda no estacionamento.

Segundo a assessoria do shopping, "as causas do acidente ainda serão investigadas e o estabelecimento está dando total apoio para a perícia, mas, o mais provável é que ele tenha ligado o carro com marcha, que arrancou e quebrou a mureta".

Por G1 Paraíba

Ideias & Fatos

Ministro da Justiça afirma que manifestações foram 'pífias' e diz que governo vai continuar com as reformas

Em visita a Londrina, no norte do Paraná, Osmar Serraglio disse que 'não faz sentido fazer greve para pagar imposto'.
O ministro da Justiça Osmar Serraglio criticou as manifestações realizadas pelas centrais sindicais contra as reformas trabalhistas e da previdência nesta sexta-feira (28). Em visita a Londrina, no norte do Paraná, Serraglio afirmou que os protestos não têm sentido. "[As manifestações] Foram pífias, não teve a expressão que se imaginava ter. Forçou-se até a situação quando se percebeu que os resultados não eram os imaginados", criticou o ministro.

O ministro ainda criticou a atitude dos sindicatos. "Os sindicatos têm uma disponibilidade de mais de R$ 2 bilhões, e agora estão percebendo que os operários e trabalhadores estão acordando para essa realidade. Não faz sentido brigar, fazer greve para pagar imposto", disse o ministro.

Serraglio defendeu o direito de manifestação e protesto, no entanto observou que esses protestos não podem perturbar pessoas não desejam participar do movimento.

"Vimos provocações em alguns lugares, interdições em outros locais, mas aqueles movimentos que nós fizemos de milhões não aconteceu. Logo, nós iremos prosseguir com as reformas que estamos introduzindo", pontuou.

O ministro da Justiça garantiu que o governo estava estruturado e preparado para as manifestações. Detalhou que as instituições funcionaram, o país funcionou normalmente e as polícias Federal, Rodoviárias e Militares tomaram as providências quando foi necessário.

Via Icém Caraúbas

Lava Jato: nova fase recolhe provas de crimes na Transpetro e inclui buscas no RN

Mandados visam coletar provas de práticas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa, entre outros.
A pedido da Procuradoria-Geral da República, foi deflagrada nesta sexta-feira (28) mais uma etapa da Operação Lava Jato perante o Supremo Tribunal Federal (STF). O objetivo das buscas e apreensões autorizadas pelo ministro Edson Fachin é coletar provas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa, entre outros, em investigações relacionadas a desvio de recursos na Transpetro.

A partir de informações do acordo de colaboração de Sergio Machado, os mandados visam coletar documentos, equipamentos, mídias e arquivos eletrônicos, aparelhos de telefone, valores e objetos em endereços residenciais e comerciais em Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, São Paulo e no Distrito Federal.

Os mandados de busca e apreensão são cumpridos pela Polícia Federal e membros do Ministério Público Federal.

Via Icém Caraúbas

sexta-feira, 28 de abril de 2017

STF MARCA PARA TERÇA-FEIRA JULGAMENTO QUE PODE LIBERTAR JOSÉ DIRCEU

Dirceu está preso desde agosto de 2015 no Complexo Médico-Penal em Pinhais.

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) marcou para a próxima terça-feira (2) a retomada do julgamento do pedido de liberdade do ex-ministro José Dirceu, preso por determinação do juiz federal Sérgio Moro na Operação Lava Jato. Dirceu está preso desde agosto de 2015 no Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Na sessão, os ministros voltarão a discutir a validade da decretação de prisões por tempo indeterminado na Lava Jato. Na sessão da semana passada, houve apenas um voto, o do relator, Edson Fachin, a favor da manutenção da prisão. A sessão foi interrompida para ampliar o prazo para que os advogados de Dirceu e do Ministério Público Federal (MPF) possam se manifestar. Faltam os votos dos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

Em seu voto, Fachin concordou com os argumentos utilizados por Sérgio Moro para manter a prisão de Dirceu e disse que há várias provas de “corrupção sistêmica” na Petrobras, fato que deve ser interrompido pelas prisões preventivas.

Em maio do ano passado, José Dirceu foi condenado a 23 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Na sentença, Moro decidiu manter a prisão preventiva. Posteriormente, o ex-ministro da Casa Civil teve a pena reduzida para 20 anos e 10 meses. Ele foi acusado de receber mais de R$ 48 milhões por meio de serviços de consultoria, valores que seriam oriundos de propina proveniente do esquema na Petrobras, de acordo com os procuradores da Lava Jato.

Defesa

No STF, a defesa de Dirceu sustentou que o ex-ministro está preso ilegalmente e deve cumprir medidas cautelares diversas da prisão. Os advogados também argumentam que Dirceu não oferece riscos à investigação por já ter sido condenado e a fase de coleta de provas ter encerrado.

Fonte: Agência Brasil/R7 Via RN POLITICA EM DIA

Jovem morre de descarga elétrica quando trabalhava em prédio da secretaria da prefeitura de Mossoró



Um jovem de 19 anos identificado como Bruno Barbosa Alves residente na Rua Emílio E Castelar no bairro Barrocas morreu de descarga elétrica na tarde desta sexta-feira 28 de abril.

Segundo informações o jovem sofreu uma descarga elétrica e morreu quando colocava mantas para retirada de goteiras no prédio da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura localizada na Rua Jerônimo Rosado no centro de Mossoró.

A equipe do corpo de bombeiros está no local aguardando o ITEP para a retirada do corpo de cima do telhado da Secretaria.




Fonte: Fim da Linha.

Ideias & Fatos